Em 2012, passei mais de 10 dias acompanhando a temporada de pesca da tainha na Barra da Lagoa em Florianópolis – SC, na expectativa de registrar o grande movimento dos pescadores durante a temporada de 2012, período muito importante para toda a ilha, nos âmbitos social e econômico.

Numa das piores temporadas já lembradas pelos pescadores, os grandes cardumes de tainha que geralmente passam pela costa, passaram longe, onde as pequenas embarcações não navegam. Com isso pude ver como é frágil a atividade, na sua total dependência da natureza e que, a esperança os move todos os dias indo ao mar na busca de um retorno promissor.

Texto: João Correia Filho.